Muitas pessoas têm essa dúvida: afinal, qual é o objetivo da TCC?
Como uma abordagem da psicologia, o objetivo da Terapia Cognitivo Comportamental é permitir aos pacientes encontrarem um caminho para a solução de seus problemas.
Assim como as outras abordagens da psicologia, a TCC tem seus processos e particularidades.
No caso da TCC a abordagem é bastante prática e direta.
A partir da análise de um problema, o foco passa a ser sua solução, através da mudança de comportamento.
Isso não significa que o método seja melhor do que outros tipos de psicoterapia ou que o tratamento psicanalítico.
O que acontece é que a Terapia Cognitivo Comportamental costuma trazer resultados mais visíveis e rápidos.
Esse é um fator que influencia positivamente na satisfação e confiança do paciente, o que ajuda bastante na sequência do processo de tratamento ou desenvolvimento.
A TCC é amplamente recomendada para quem tem problemas facilmente identificáveis e precisa de uma mudança nas ações e comportamentos para resolvê-los.
Isso vale para questões da vida pessoal (como relacionamentos amorosos e sociais e problemas familiares), estudantil e profissional.

O objetivo da TCC é compreender a influência de nossa interpretação

O objetivo da terapia cognitiva comportamental é nos mostrar que o que tem influência sobre nós não são diretamente os acontecimentos e situações diárias, mas sim a forma que interpretamos cada uma dessas situações.
A Terapia Cognitivo Comportamental acredita que a ação (comportamento) é consequência de uma emoção desencadeada pelo pensamento.
Nós agimos de acordo com a influência das emoções em nossos pensamentos.
Ou seja, quando você recebe uma crítica em seu local de trabalho, qual seu pensamento? “ele tem razão, sou mesmo um fracasso, nunca conseguirei nada”; o que você sente? Tristeza; como você se comporta? Isolando-se.
E é exatamente neste aspecto que a TCC poderá ajudá-lo: evitando que você tenha o pensamento negativo e, consequentemente, evitando que desencadeie uma série de questões e sentimentos negativos em sua vida.
A TCC tem como objetivo principal o restabelecimento do controle da atenção, a ressignificação do pensamento por meio da reestruturação cognitiva do paciente, a partir do uso de estratégias terapêuticas adaptadas a cada subjetividade e sintoma.
Um dos grandes benefícios da TCC é a reorganização dos pensamentos disfuncionais.
Pensamentos disfuncionais são pensamentos que estão distorcidos, a partir de um quadro situacional de patologia física emocional como, por exemplo, ansiedade, depressão e as suas categorias.


Como a TCC se desenrola no dia-a-dia do tratamento?

Através de testes comportamentais, o psicólogo, em um primeiro momento, identificará qual a frequência de pensamentos negativos de seu paciente.
O próximo passo é descobrir qual a emoção que mais se manifesta diante destes pensamentos, tais como: raiva, tristeza, ansiedade, medo, entre outras.
Com esta informação, o terapeuta trabalhará com o paciente a forma de poder identificar seus pensamentos negativos e desafiá-los automaticamente, quando a situação desagradável surgir.
O maior foco da TCC é mostrar ao paciente que é possível mudar completamente uma situação, apenas com a forma que ele pensa: a forma que o paciente vê o mundo.
Em contrapartida, apesar de parecer simples quando lemos a respeito, desafiar os próprios pensamentos não é tarefa das mais fáceis.
A ajuda de um profissional especializado é sempre muito importante, até para que a tarefa de se desafiar seja uma rotina e não apenas algo momentâneo.
O psicólogo através da psicoterapia ajuda o paciente na busca do autoconhecimento e equilíbrio emocional, que nos dias de hoje, em meio ao estresse e ansiedade tem se tornado algo cada vez mais frequente.
A terapia cognitiva comportamental é uma abordagem que foca numa outra forma de entender a questão que o paciente traz, mas não significa que não seja procurada para tratar questões passadas que o paciente tem interesse em esclarecer para si mesmo.
Mais do que ir em busca do autoconhecimento, um psicólogo deverá sempre ser contatado quando o paciente sente que algo não está “dentro dos conformes”.
Quando o paciente percebe que os pensamentos estão sendo cada vez mais pessimistas e que isso está afetando sua rotina, o psicólogo deve estar pronto para ajudar.
O papel do terapeuta será o de auxiliar o paciente a reencontrar o seu “equilíbrio”, e, assim, viver de forma mais saudável e feliz.
É importante ressaltar que o processo terapêutico acontece tanto no viés do vínculo de confiança entre paciente e terapeuta, bem como pelo despertar para a adaptação ao processo.
Isso quer dizer, que a psicoterapia é ajustável à condição atual do paciente, conduzida pela ética profissional e pela fidedignidade do processo que se compromete com o alívio, com o suporte e apoio no momento da dor emocional.

Agora que você conhece o objetivo da TCC, a pergunta que fica é: quando um paciente deve busca-la?

A Terapia Cognitivo Comportamental é recomendada para pessoas que identificam padrões de pensamentos e comportamentos que estão prejudicando sua vida de alguma maneira.
Pode ser algo aparentemente simples, como um medo excessivo de assumir riscos, baixa autoestima ou dificuldade em se concentrar nos estudos ou em tarefas a complexas.
Esses exemplos são problemas que, na maioria dos casos, não correspondem a uma patologia, mas podem atrapalhar a pessoa.
Como existem causas cognitivas e comportamentais para essas dificuldades, a TCC é uma ótima maneira de reverter esses padrões negativos.
Mas estamos falando de um método terapêutico bem aceito em todo o mundo, com eficácia observada no tratamento de uma série de questões mais complexas, co